Próximos

Andreia's to-read book montage

O Principezinho
O Despertar das Trevas
A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Paris, 1850
México, 1850 (O Crepúsculo dos Vampiros, #3)
A Praga
O Assassinato de Roger Ackroyd
O Beijo das Sombras
Sangue de Anjo
Damon, Almas Sombrias
Crescendo
Paranormalidade
Orgulho e Preconceito
Queimada
Senhores da Noite
Reunião Sangrenta
O Décimo Terceiro Poder
O Abismo
O Vampiro
Bruxa e Detetive


Andreia's favorite books »
}

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 28 de junho de 2011

A Cidade dos Ossos - Cassandra Clare

SINOPSE: No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens.


Desde essa noite, o seu destino une-se ao dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo mas com tendência a agir como um idiota...


OPINIÃO: Este livrinho tocou suavemente e deliciosamente na minha veia nostálgica. A forma de escrita ligeira e pormenorizada de Clare lembrou-me imenso os meus primeiros anos de leitura intensiva juntamente com Harry Potter.
Apesar de serem completamente diferentes a nível do enredo, esta obra trouxe-me várias vezes à memória as deliciosas peripécias de Harry, sobretudo no que toca ao conhecimento da geração anterior ao protagonista. Também Clary é confrontada com um passado turbulento e secreto. A família é o ponto alto desta história, as intrigas e os segredos por desvendar trouxeram-me uma ansiedade tal que só consegui parar de ler na última página. Aí disse: "Vou já comprar os outros 3!"
Calry é diverida e extremamente direta; Jace é cómico no meio do seu sarcasmo e excesso de amor pessoal; Valentine está muito bem construído assim como os demónios que assombram este livro. Só tive pena de não conhecer melhor Isabella e Alec, espero que a autora me mostre um pouco mais deles nos livros seguintes.
O final , bem... esse... completamente arrebatador! Com uma intertextualidade imensa a nível cinematográfico (StarWars) diria eu... não?
Deixo-vos com água na boca, eu gostei imenso! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo do blogue