Pesquisar neste blogue

domingo, 1 de maio de 2011

Despertar - L.J.Smith

SINOPSE: «Está na hora», Stefan, pensou Elena. E, com enorme delicadeza, atraiu de novo a boca dele para baixo, desta vez para a sua garganta.
Na Itália renascentista, os irmãos Stefan e Damon Salvatore enfrentam-se pelo amor de uma jovem. Séculos mais tarde, voltarão a fazê-lo por Elena Gilbert, uma das suas colegas de liceu, que desconhece a sua verdadeira identidade.
Stefan Salvatore, o novo aluno de Fell’s Church, arrasta com ele um passado misterioso, e também alguém que apenas deseja vingança, o seu irmão Damon: são mais do que irmãos de sangue e o seu ódio ultrapassa as barreiras do tempo… Agora procuram reproduzir um mortífero triângulo amoroso que tem no centro Elena, a jovem mais popular do liceu.

OPINIÃO: Confesso que estou um pouco desiludida com esta saga. Visto que sou fã da série televisiva fiquei um pouco triste ao constatar que praticamente o que se mantém fiel são os nomes das personagens (e em alguns casos, nem isso). 
A escrita de Smith é um pouco confusa e demasiado poética o que torna a leitura um pouco entediante. 
Os sentimentos de Elena são dados a conhecer ao até ao limite o que me leva a pensar que a protagonista é um pouco exagerada e extremamente reflexiva. 
Stefan é o vampiro, o suposto galã da obra. Eu cá achei-o aborrecido e complicado.
O ponto alto desta história é o irmão malévolo mas infelizmente, este livro apenas dá indícios da sua existência.
Contudo, não desisto da saga e apesar de este livrinho não me ter maravilhado, já adquiri os dois seguintes porque acredito que a história pode melhorar. Aliás, tem todos os ingredientes para isso: o trio amoroso, uma amiga feiticeira, um vilão apetecível etc...
Só espero que nos seguintes a autora não enrole tanto o desenvolvimento da narrativa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo do blogue