Próximos

Andreia's to-read book montage

O Principezinho
O Despertar das Trevas
A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Paris, 1850
México, 1850 (O Crepúsculo dos Vampiros, #3)
A Praga
O Assassinato de Roger Ackroyd
O Beijo das Sombras
Sangue de Anjo
Damon, Almas Sombrias
Crescendo
Paranormalidade
Orgulho e Preconceito
Queimada
Senhores da Noite
Reunião Sangrenta
O Décimo Terceiro Poder
O Abismo
O Vampiro
Bruxa e Detetive


Andreia's favorite books »
}

Pesquisar neste blogue

domingo, 10 de outubro de 2010

Orbias: O Demónio Branco - Fábio Ventura

Sinopse: 
As coisas mudaram desde a derradeira separação entre a Terra e Orbias há um ano atrás. Noemi é agora uma estagiária na redacção de uma revista em Grand City, leva uma vida solitária e mantém pouco contacto com Adam e Lorelei. Mas enquanto se esforça para esquecer todos os trágicos acontecimentos do passado, o inesperado acontece: os seus poderes de Omnisciência regressam e volta a transformar-se em Guerreira. Para piorar a situação, está constantemente a ver a face de Sebastian e a sentir o seu perfume. Será que afinal os mundos não foram definitivamente separados? Será possível o regresso a Orbias, para junto das outras Guerreiras? Na sua loucura obsessiva, Noemi convence-se a si própria de uma coisa: Sebastian está vivo!

Opinião:

O primeiro Orbias teve um rating de 3 e até mais ou menos metade deste volume, o destino do Orbias 2 era o mesmo. Contudo este livro fez-me expelir uma palavra que já há muito não proferia na leitura, até no cinema: "Colei!"

Pensava eu na minha ignorância que a história estava a percorrer um caminho demasiado previsível, mas, pouco antes do fim, a narrativa, literalmente, esbofeteou-me, mostrando-me que ainda é possível ser surpreendida. A revelação da origem do(s) Sebatian(s) permitiu-me atribuir 1,5 valores, aos três já certos. Sem dúvida o ponto mais alto da obra.
Na generalidade, congratulo o autor pelo amadurecimento da sua escrita, o vocabulário vasto e o desenvolvimento/crescimento das suas guerreiras que deixaram de lado a missão, que as caracterizou no primeiro volume, para dar lugar ao desmembrar das suas personalidades. Noemi é a personagem central, mas este livro permite-nos conhecer as outras guerreiras mais a fundo - outro ponto bastante positivo.
A história de amor tornou-se interessante porque sinceramente o amor "inocente" e "ingénuo" do primeiro Orbias não convencia. Neste, senti-me muito mais familiarizada com a relação amorosa, mais palpável, mais realista, mais viciante.
Quando terminei senti uma sensação de perda e percebi que quero mais, quero ler mais sobre Orbias, quero continuar a acompanhar os sentimentos e sensações de Noemi e sentir o seu prazer quando está com Sebastian (este novo Sebastian que me conquistou).
Dou os meus mais sinceros parabéns ao Fábio e com a maior sinceridade informo-o que quero mais. Seja outro Orbias, seja um novo projecto, seguirei o seu crescimento no mundo literário porque acredito piamente no seu talento.

2 comentários:

  1. Raquel Castro Ferreira: muito fixe a critica :) e eu sei bem que "colaste" eheheh

    ResponderEliminar
  2. Fábio Ventura: UAU! Até me deixaste corado ;) Muito obrigado! Vou já divulgar, eheh Beijinhos

    ResponderEliminar

Arquivo do blogue