Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A Rainha dos Malditos - Anne Rice



SINOPSE: Após seis mil anos de terrível imobilidade, Akasha, mãe de todos os vampiros e Rainha dos Malditos, ergue-se do seu sono para libertar os poderes da noite.

Mas o seu plano monstruoso para dominar os mundos dos vivos e dos não-mortos terá de ser impedido antes que ela destrua os vampiros seus filhos e toda a humanidade, e cabe ao vampiro Lestat enfrentar a sua perversidade, que tudo envolve — pois foi ele que desafiou o seu poder, ao acordá-la do seu sono.



OPINIÃO: 
Este terceiro volume das crónicas vampirescas de Anne Rice foi, dos três, o que mais me custou a terminar. Deve-se isso ao facto de a história ter demasiadas "reuniões" que cortam a acção à narrativa. Neste livro o leitor oscila constantemente entre dois espaços e um deles é recheado de acção, já o outro é apenas diálogo. Tirando este impasse na leitura, a rainha dos malditos é o livro mais macabro dos três onde se debate mais ainda a concepção do bem e do mal que para quem já leu os dois anteriores, percebe que estes vampiros reflectem imenso sobre este conceito. Confesso que foi o último que li das crónicas vampirescas mas não porque quis, mas sim porque o seguinte "A história do ladrão de corpo" está há mais de 4 anos esgotado na editora. Espero que esta reedição dos livros de Rice não parem para assim eu poder continuar a acompanhar as desventuras de Lestat.

2 comentários:

Arquivo do blogue